Resolução Para 2010: Ajudar Animais Sem Rosto

Conjunto de Folhetos

O sofrimento animal está em todo o lado, mas parece que só nos conseguimos mover para acudir a casos concretos. Precisamos de associar um rosto a cada caso, a cada história, a cada tragédia... Pena é que não percebamos onde está a verdadeira tragédia.

A verdadeira tragédia é não fazermos aquilo que está ao nosso alcance para evitar o sofrimento animal antes de ele acontecer. Claro que devemos continuar a acudir a todos os casos de sofrimento com que nos deparamos e que podemos minorar — a questão não é essa. A questão é não fazermos mais do que isso e, deste modo, o panorama da protecção animal nunca irá melhorar.

Se quisermos evitar mortes e consequências graves por doenças cardiovasculares, por exemplo, não vamos apenas investir no tratamento dos doentes — vamos investir na sensibilização para a necessidade de uma alimentação equilibrada e de exercício físico. Do mesmo modo, se queremos evitar sofrimento animal, não podemos continuar apenas a tratar as consequências da negligência e dos maus-tratos. Temos de investir a sério na sensibilização e na educação da população para o respeito pelos animais. Temos de nos habituar a combater também estes problemas pela raiz.

Galo Esta nossa grande dificuldade em sentir empatia por quem não conhecemos explica também em parte por que motivo ainda há tantas pessoas que dizem respeitar os animais, mas continuam a comê-los. Certamente, a maioria das pessoas seria incapaz de continuar a comer animais se associasse aquilo que tem no prato a um rosto ou à personalidade de um ser único e insubstituível. Um ser tão único e tão merecedor do nosso respeito como os cães ou os gatos com que convivemos de perto e que jamais conceberíamos explorar para nossa alimentação.

A sensibilização não exige grandes recursos e deve começar a nível local, pois é a nível local que as nossas acções têm maior impacto. Em 2010, empenhe-se activamente na sensibilização da sua comunidade para os problemas que afectam os animais! Peça-nos folhetos educativos para disponibilizar em locais estratégicos da sua zona e comece já a contribuir para a mudança de mentalidades. O seu contributo será decisivo para o cão que deixará de viver preso a uma corrente, será decisivo para o bezerro que não nascerá para uma curta vida de exploração e sofrimento, será decisivo para a gata que será esterilizada e deixará de gerar ainda mais ninhadas... Poderá nunca vir a conhecer os rostos dos animais que ajudou, mas não duvide que terá dado um importante contributo para evitar sofrimento animal.

Pelos animais, passe a palavra!

14 Comentários

Apelo!
Temos que dar voz aos animais que sao vitimas das barbaridades humanas. Por isso temos que agir.
São histórias tristes que se repetem por todo o Pais e não fosse a muita gente por este Pais fora que se dedica com toda a alma, o sofrimento de muitos animais ainda seria pior. Animais abandonados, maus tratos e não existem leis capazes para acabar com este tipo de situações. Os nossos políticos tem sido incompetentes a todos os níveis e temos que ser nós a dizer BASTA BASTA BASTA!!! Pagamos impostos suficientes para que as Câmaras tenham instalações condignas para os animais e pratiquem uma política de adoptação em vez do extermínio. Isto não resolve o problema.
Para que isto não aconteça, e os criminosos fiquem impunes, apelo a que assinem as 4 petições que estão on-line.
1. Petição Pela abolição das touradas e de todos os espectáculos com touros‏
2. Petição Alteração do estatuto jurídico dos animais no Código Civil
3. Petição Abolição das touradas na programação da RTP
4. Petição contra a utilização de animais em experimentação científica em Portugal‏‏‏‏‏
Para assinar estas peticoes por favor consultem este blog isanimal2go.blogspot.com/
Isto é uma vergonha para Portugal.
Por favor assinem e divulguem e nos ajude a acabar com esta barbaridade.
Podemos fazer história e um passo em frente em termos civilizacionais em Portugal. Temos que acabar com estes actos vergonhosos de tortura a animais indefesos. Todos juntos vamos vencer a ter um Portugal com gente mais humana e sensível.
Temos que dizer BASTA!
Obrigada
Isabel Oliveira

Todos somos diferentes ha qualidades de vida diferentes das nossas nós só as temos de respeitar a vida de outros seres humanos por exemplo:animais,plantas e outras coisas.
Eu só desejava uma coisa era que as pessoas se dessem ao trabalho de respeitar os outros seres humanos.
OBRIGADA

Os animais também são nossos irmãos.Deus criou-os,assim como a nós.Trate-os bem.
Os animais,são irmãos cósmicos numa escala inferior de evolução.Embora não raciocinem,eles sentem como nós.
Trate-os com carinho e apreço.O sentimento de amizade desconhece padrões de evolução.Tenha pensamentos de amor para com os animais.
Agindo assim,perceberá quanto eles também o amam e será aprovado na escola da vida.
PARABÉNS, e que o vosso esforço seja reconhecido!...

Já ouvi de muita gente, inclusive da minha família, o seguinte comentário, quando reclamo de estarem comendo a carne de um bichinho qualquer:" Ah! Não o conheci quando era vivo.Agora que está morto,não tenho culpa".E come o coitado.....
Sou contra a matança para alimentar o prepotente ser humano.Faço o maior esforço, para acostumar meu organismo, sem a dita "proteína animal". NÃO VAMOS MAIS COMER CARNE ANIMAL!

completamente de acordo.Pena que nao haja mais pessoas a pensar da mesma forma

Deus criou os animais para nos fazerem companhia.Deu-nos a tarefa de cuidar deles e dar-lhes nomes.O homem só tem feito asneiras com este legado.Nao só maltrata como tem-se tornado um verdadeiro criminoso.Paremos e pensemos um pouco,vamos ajudar a reverter esta situaçao.Obrigada pela vossa iniciativa.Dou todo o meu apoio.Continuem a vossa luta.

Vou divulgar esta vossa causa e gostaria de poder receber os vossos folhetos para poder distribuir pelo meu serviço, fazer chegar a algumas escolas, sobretudo a locais onde se formam pessoas. Moro em Sintra e depois, se me contactarem, darei mais dados. Não há duvida que a prevenção e a mudança de mentalidades é o mais importante; em todo o caso o pouco que se faz em prol dos animais e contra toda e qualquer espécie de crueldade contra eles, é muito positivo e deve ser exaltado por todos. Bem hajam pelo que fazem!

Uma das grandes alegrias da vida é gostar de lidar com animais e cuidar deles com muito amor. Tenho um cão que foi abandonado em cachorro há 8 anos e que é a minha grande companhia.
Tenho muita pena que a sociedade portuguesa ainda não esteja devidamente sensibilizada para cuidar e amar os seus animais, e gostaria que me enviassem os vossos folhetos para eu distribuir na minha zona.

Quando consigo ajudar animais em perigo (e já lá vão 8) seis gatos + 2 cadelas, fico orgulhosa de mim. Mas sei que a maioria das pessoas ficam incomodadas quando veêm ou sabem que aquele animal é maltratado e NÃO FAZEM NADA. As vítimas continuam a ser os animais que em silêncio esperam que nós juntos e sem medo os defendamos. E eles merecem!

Já basta de tratar os animais como objectos que, a maior parte das vezes, até incomodam e são jogados no lixo! Eles são seres vivos como nós e, muitas vezes (diria até quase sempre...), mais inteligentes e mais carinhosos, sem hipocrisia. Só que não sabem falar para se manifestarem e exigir os seus direitos! É muito triste. Bem hajam todos aqueles que têm possibilidades e vontade de os proteger. Nunca se arrependam!... Pela minha parte, muito obrigada a todos!

O ser humano, somente sera realmente evoluido,quando respeitar e amar os animais e toda a natureza

Esta crueldade nunca vai ter fim.
Se os humanos, nós, não nos educamos para isso,só há uma coisa a fazer:legislação feita para punir, nao com multas mas com prisão. Mas conseguimos, quando um criminoso vem para a rua quando sai do tribunal?Haja Deus!

Sem dúvida que o nosso trabalho é indispensável para abrir os horizontes de outros e para garantir a qualidade de vida dos nossos animais.
Sempre fui amante da natureza mas no ano lectivo 2008/2009 elaborei um projecto com um grupo de amigos que tinha o objectivo de abordar os assuntos essenciais que nos passam ao lado como o aquecimento global, a entreajuda e o mal-trato aos animais. Esta última foi, sem dúvida, o trabalho mais violento que alguma vez fizemos. Alugamos uma pequena sala de exposições onde a tapamos com panos pretos, decoramos as paredes internas com fotos de violência animal e fizemos um vídeo (baseado em gravações de pura violência que podemos encontrar muito facilmente no youtube) que mostrava os horrores que nós, o ser humano, fazemos os animais passar. Sou sincera, não consegui ver o vídeo, era um trabalho muito pesado feito por jovens de 17 anos. A verdade é que concluímos que só quando enfrentamos a realidade de uma maneira assim tão violenta, como a que apresentamos no nosso projecto, é que as pessoas tomam consciencia. Pela primeira vez vimos pessoas a entrar com sorrisos na cara e a sair com lágrimas nos olhos ou completamente enojados pela sua propria raça.
É um projecto que hoje nos orgulha falar e que mudou, não só as nossas vidas, como as vidas dos que assistiram ao projecto.
Deste modo gostava de incentivar-vos a propor palestras a escolas de ensino secundário e universidades. De certo se iriam surpreender com as reacções dos jovens de hoje.
Continuem com o bom trabalho ;)

Absolutamente de acordo! Como diz o ditado "mais vale prevenir que remediar". Já há algum tempo que não divulgo folhetos... Vou já pedir-vos mais! ;)
Parabéns pelo vosso trabalho!

Nível Superior | Passos no Bom Caminho >